Laboratório C4 - Atividade aberta (não necessita inscrição prévia)

Compartilhar com café

Um espaço científico para apresentação de produções sobre práticas com grupos.

Em um ambiente informal, organizado com pequenas mesas e café, autores previamente aprovados apresentarão práticas de trabalho com grupos, originais e ricas, com coerência metodológica e/ou consistência teórica.

Os autores terão 30 minutos para realizar a apresentação e mais 30 minutos de trocas com os presentes.

Todos os congressistas estão convidados a partilhar conosco este espaço, assistir e discutir as apresentações, sem necessidade de prévia inscrição. Durante o Congresso será informado o local de realização da atividade.

Apresentações:

1. Possibilidades – viva o diverso

É através das relações que as organizações podem ocupar espaços na cabeça e no coração dos clientes, e expandirem seus resultados comerciais para trilharem o seu caminho de desenvolvimento e expansão. O “POSSIBILIDADES” destina-se a preencher esta lacuna, propondo-se a desenvolver. relações empáticas e de respeito entre gestores e equipes, profissionais da área comercial/atendimento e clientes, empresas e sociedade.
Autores
Larissa Furini é psicóloga com formação em Dinâmica dos Grupos, atua na área clínica com o objetivo de mediar conflitos.
Luís Maffini é relações públicas, especialista em marketing, identidade empresarial (Ontopsicologia) e Formação em Dinâmica dos Grupos. É empresário, consultor de empresas, professor e coordenador de pós-graduação.

2. Homofobia e Escola: Construindo Possibilidades em Grupo

A tarefa era sensibilizar as equipes diretivas de escolas públicas através de atividades múltiplas e diversificadas, buscando o diálogo em primeiro lugar. Questões como autoridade, comunicação, identidade, responsabilidade, ética, direitos humanos, preconceito e discriminação foram levados à formação continuada da equipe diretiva. Precisávamos trazer questões básicas, pertinentes ao ato de educar, por isso a escolha dos temas referidos acima, pois não bastaria explicar sobre homossexualidades, homofobia, diversidade sexual para as professoras. Nosso objetivo era sensibilizar as educadoras, de modo que pudessem “ver”, “escutar”, enfim, prestar atenção a situações que não viam ou não escutavam por estarem“acostumadas”.
Autora
Claudia Penalvo, Pedagoga pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (1985) e mestra em EDUCAÇÂO (PPGEdu) pela Universidade Federal do Rio Grande (2015). Tem experiência na área de Educação com ênfase em sexualidades, juventudes, educação em saúde, LGBT e prevenção de HIV/aids.

3. Programa Começar Banricoop

O objetivo do Programa foi mobilizar os cooperados e cooperadas desta instituição no sentido de desenvolverem, em suas comunidades, projetos socioambientais com vistas a melhorar a qualidade de vida destas. Ao todo foram 37 projetos socioambientais inscritos e destes, 7 selecionados por uma comissão especializada. Estes projetos ao longo de 2016 receberam apoio financeiro; capacitação sobre gestão da sustentabilidade do negócio; capacitação sobre crowdfunding e consultoria in loco para a implementação e desenvolvimento dos projetos, através de consultoras especializadas no assunto. Como resultados gerais, aproximadamente 9 mil pessoas impactadas direta e indiretamente pelos projetos nos 11 municípios gaúchos contemplados com as ações e mais de 8 mil km percorridos pelos consultores contratados para assessora-los.
Autores
Andreia Bonato da Silva (apresentadora), Psicóloga, Mestra em Gestão e Negócios pela Unisinos e Universidade e Poitiers/FR. Atua como professora universitária há 5 anos e é consultora em desenvolvimento humano. Entre 2011 e 2013 fez sua formação em Dinâmica dos Grupos pela SBDG em Porto Alegre. Atuou como gestora do Programa Começar.
Daniel Chiapinotto, formado em Publicidade e Propaganda e pós-graduado em Marketing de Serviços e Cooperativismo. Trabalha como Analista de Marketing da Banricoop. Foi gestor de Marketing do Programa Começar.
Miriam Cechin da Silva, Mestra em Gestão e Negócios pela Unisinos e Universidade de Poitiers/FR, pós-graduada em Gestão Empresarial e Cooperativismo. Atua como Gerente Executiva da Banricoop e também é professora universitária.

4. A Interferência dos Pressupostos Básicos no Grupo de Líderes de uma Igreja Cristã

O trabalho teve como objetivo identificar o funcionamento de um grupo em relação ao surgimento dos chamados pressupostos básicos, conceito que é parte da teoria de Wilfred R. Bion. O grupo pesquisado é formado por 30 líderes de 22 áreas de uma instituição religiosa, sendo a maioria mulheres. Este grupo apresenta dificuldades para executar suas tarefas com êxito.
Autores

Camila Maria Reis Assolari, Marcio Simioni, Mayara Brolesi de Souza e Thiago Zumach.
Apresentadora: Camila Maria Reis Assolari, Graduação em Turismo (UFPR) e Especialização e Formação em Dinâmica dos Grupos Sociedade Brasileira de Dinâmica de Grupo (SBDG). Coordenadora de Projetos e de Pesquisa e Desenvolvimento em Aliança Empreendedora.